Ver este site em versão PC

Compreender o básico da História para viver em Portugal

1910 até aos nossos dias

Anuncio da republica portuguesa
Cartaz de celebração os principais acontecimentos da revolução que originou o Nascimento da Republica Portuguesa
  • O nascimento da Republica Portuguesa aconteceu no dia 5 de outubro de 1910. Portugal implantou o regime republicano, após golpe o de estado que destituiu o rei D. Manuel II.
  • Ditadura (1926–1974) - O golpe militar de 1926 pôs fim à Primeira República, iniciando uma ditadura militar dirigida pelo general Carmona. António de Oliveira Salazar tornou-se presidente 1932 do Conselho de Ministros com poderes ditatoriais
  • Democracia (1974 até à atualidade) - No dia 25 de Abril de 1974 em Lisboa aconteceu a Revolução dos Cravos
  • III República - Após um ano sobre a revolução, no dia 25 de Abril de 1975, realizaram-se as primeiras eleições livres em Portugal.

Monarquia constitucional (1820–1910)

regicidio de rei Dom Carlos principe Dom Luis Filipe
Regicídio do rei Dom Carlos principe Dom Luis Filipe
  • 1820 - Revolução liberal em pequenos grupos da burguesia
  • 1822 - foi aprovada a Constituição portuguesa de 1822, que o rei aceitou, iniciando a monarquia constitucional. Inspirada na Constituição francesa de 1791 e na Constituição Espanhola de 1812.
  • 1826 - Desencadeou-se uma disputa sobre a dominância do reinado entre constitucionalistas e absolutistas.
  • 1908 - Regicídio de 1 de fevereiro de 1908 - morte do rei D. Carlos I de Portugal e do seu filho e principal herdeiro, o Príncipe Real D. Luís Filipe de Bragança, marcando o fim da última tentativa séria de reforma da Monarquia Constitucional
  • 1910 - Fim da Monarquia com a Implantação da República a 5 de outubro de 1910

Restauração e invasões (1640–1820)

Retrato do Marquês de Pombal (1766)
Retrato do Marquês de Pombal (1766) pintado por Louis-Michel van Loo e Claude Joseph Vernet.
  • (1641 a 1668) - Guerra da Restauração contra Filipe IV da Espanha que originou o Tratado de Lisboa de 1668, assinado por Afonso VI de Portugal e Carlos II de Espanha e no qual se reconhece a total independência de Portugal.
  • (1750 — 1777) - Época Pombalina - Sebastião José de Carvalho e Melo, conhecido como o Marquês de Pombal exerceu o cargo de primeiro-ministro português, sob nomeação de Dom José I. O crescimento da mineração de ouro e pedras preciosas no Brasil, torna O rei D. João V um dos mais ricos monarcas da Europa. A 1 de novembro de 1755 ocorreu o grande terramoto de Lisboa que destruiu quase toda a cidade e deixou rastro de grandes destruição por todo o Portugal. O primeiro-ministro Sebastião José de Carvalho e Melo, Marquês de Pombal, dirigiu uma rápida reconstrução com os conceitos urbanos e estéticos do Iluminismo e iniciou um período de modernização e europeização do país. A 12 de fevereiro de 1761 Sebastião José de Carvalho e Melo, Marquês de Pombal, acabou com a escravatura em Portugal Continental
  • 1807 - Napoleão invade Portugal porém os planos do invasor fracassaram devido à fuga da côrte portuguesa para o Brasil. Em 1814 Napoleão é derrotado pela Sexta Coligação

União Ibérica (1580–1640)

Descobrimentos Portugueses. De 1415 a 1543

Infante Dom Henrique
O Infante D. Henrique o navegador, geralmente creditado como a força motriz por trás da exploração marítima portuguesa

Os descobrimentos portugueses foram o conjunto de conquistas realizadas pelos portugueses em viagens e explorações marítimas entre 1415 e 1543 que começaram com a conquista de Ceuta em África.

  • 1415 - O início dos descobrimentos Portugueses é marcado com a conquista de Ceuta
  • 1418 - redescobrimento da ilha de Porto Santo na Madeira
  • 1427 - primeiros contactos com o arquipélago dos Açores
  • 1434 - Gil Eanes contornou o Cabo Bojador
  • 1487 - ligação náutica entre o Atlântico e o Oceano Índico
  • 1492 - chegada de Cristóvão Colombo à América
  • 7 de Junho de 1494 o Tratado de Tordesilhas entre Portugal e Castela. O Tratado de Tordesilhas estabelecia a divisão do Mundo em duas áreas de exploração: a portuguesa e a castelhana, cabendo a Portugal as terras "descobertas e por descobrir" situadas antes da linha imaginária que demarcava 370 léguas (1.770 km) a oeste das ilhas de Cabo Verde, e à Espanha as terras que ficassem além dessa linha
  • Descoberta do caminho marítimo para a Índia por Vasco da Gama durante o reinado do rei D. Manuel I, em 1497-1499
  • 1500 - Pedro Álvares Cabral descobre o Brasil
  • 1510 - Afonso de Albuquerque conquistou Goa, na Índia e pouco depois, em 1511, Malaca, na Malásia
  • 1543 - Francisco Zeimoto, António Mota e António Peixoto são os primeiros portugueses a atingir o Japão

1249 o rei D. Afonso III reconquista o Algarve e ficou conhecido como Rei de Portugal e do Algarve

D Afonso III
Estátua em honra ao Rei D. Afonso III, simbolizando a reconquista do Algarve ao mouros

Em 1249 o rei D. Afonso III completa a conquista portuguesa com a reconquista do Al-Gharb (Algarve) ao mouros

1139 - Dom Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal

Em 1139, depois da vitória na batalha de Ourique contra um forte contingente mouro, D. Afonso Henriques autoproclamou-se rei de Portugal. D. Afonso I reinou entre 26 de julho de 1139 e 6 de dezembro de 1185. Dom Afonso Henriques era apelidado de "o Conquistador", "o Fundador" e "o Grande"

Portugal desde a pré-história até ao primeiro reinado

cromeleque Almendres
O Cromeleque dos Almendres data o fim da construção no Início do III milénio a.C. É um círculo de pedras pré-histórico (cromeleque) com 95 monólitos de pedra. É o monumento megalítico do seu tipo mais importante da península Ibérica

Portugal, fundado em 1139 é um dos Estados-nação mais antigos da Europa, no entanto a história de Portugal acontece antes:

  • A pré-história regista os primeiros hominídeos há cerca de 500 mil anos
  • A Peninsula Ibérica foi habitada por Povos ibéricos pré-romanos desde a pré história até ao século III antes de Cristo
  • Quando os romanos conquistam à Península Ibérica em 218 antes de cristo. A sua dominância durou até ao século V
  • No século V os germânicos e os mouros do norte de África conquistam a Península Ibérica